segunda-feira, 21 de julho de 2014

Recorde Pessoal na Milha


No dia 4 de julho (dia da independência estadunidense) participei pela primeira vez de uma corrida de uma milha (1609m). E claro que foi recorde pessoal.

Na verdade, foi minha primeira prova com menos de 4K (todas as minhas provas até hoje estão em http://www2.dainf.ct.utfpr.edu.br/Members/adolfo/atividades/esportes/race-results/).

O mais legal é que foi uma prova aferida, isto é, tinha uma milha exata.
E era totalmente em descida a partir do primeiro quarto de milha.

Foi interessante, mas eu saí muito forte no início e depois fui perdendo ritmo. Algumas pessoas me ultrapassaram.
Eu não tinha noção de que ritmo imprimir. Eu não tinha um objetivo de tempo. Sabia que podia fazer abaixo de 7 minutos por milha (pelo meu tempo em 5K) mas não tinha certeza se conseguiria menos de 6. Consegui fazer 5:29. Segundo o Strava, se fosse no plano teria sido aproximadamente 6 minutos.

E, claro, por ter ido mais forte do que normalmente vou, mesmo em provas de 5K, senti aquelas sensações desagradáveis que são sinais do cérebro dizendo para você desacelerar. E achei estranho ter sentido boca seca. Talvez tenha me hidratado pouco antes da prova. O dia estava quente.

Ah, e não treinei especificamente para esta prova. Surgiu a oportunidade, inscrevi-me e fiz. Talvez na próxima prova de milha (http://www.magmilerace.com/) eu me prepare adequadamente.


4 comentários:

  1. Olá Adofo.
    Deve ser muito maneiro correr uma prova de milha.
    Na GBR é bem tradicional.
    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Luiz.
      É legal porque acaba logo.
      Mas é sofrido...
      Abraços,
      Adolfo

      Excluir
  2. Já competi na prova de 1.500 mts. Correr maratona é menos sofrido.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email