quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Trabalhar à noite – um risco a mais para o câncer

06 de fevereiro de 2008 (Bibliomed). O câncer é considerado como uma doença de múltiplas causas. Fatores genéticos, ambientais, emocionais, entre outros, estão entre os citados como possíveis participantes de seu desenvolvimento.

Alguns estudos demonstram que o trabalho também pode ser um fator relacionado ao câncer. Entretanto, poucos são os que procuraram demonstrar se o período da jornada (diurna, vespertina ou noturna) também poderia estar implicado. Sendo assim, cientistas do World Health Organization's International Agency on Cancer Research desenvolveram uma pesquisa para avaliar os efeitos do trabalho noturno sobre o câncer. Seus resultados foram recentemente publicados na revista The Lancet .

De acordo com os pesquisadores, estudos realizados sugerem que trabalhar à noite aumenta o risco de desenvolver câncer. As hipóteses surgiram a partir dos altos índices de câncer de mama verificados entre enfermeiras que trabalham em jornadas noturnas.

Entretanto, para provar essa evidência, os investigadores analisaram estudos feitos com ratos, os quais eram expostos à luz durante à noite. O que perceberam é que ocorre uma modificação do relógio biológico desses animais, sendo, talvez esse, o principal motivo para o surgimento dos cânceres.

A interrupção do relógio biológico proporcionaria uma diminuição da produção de melatonina e, essa mudança poderia ser maléfica ao corpo, aumentando o risco de câncer. Mais estudos deverão ser realizados para a comprovação desses achados.

Fonte: The Lancet 2007; 8:1065-1066

Fonte na Internet: http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=7466&mode=browse&fromhome=y

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email