quinta-feira, 24 de julho de 2008

Computador na esteira promete fazer internauta se mexer

14/07/2008 - 10h58 - Atualizado em 14/07/2008 - 12h22
Produto já vendido nos EUA permite que funcionários queimem calorias.
US$ 4,5 mil cobrados pela Walkstation não incluem o PC.
Do G1, com informações da AFP

Um produto que mistura estação de trabalho com esteira promete dar mais saúde aos funcionários de empresas: a idéia é permitir que os usuários caminhem enquanto checam e-mails, navegam na internet, produzem relatórios e discutem questões do trabalho via comunicadores instantâneos. A velocidade máxima da Walkstation é de 3 km/h.

 

Foto: AFP
Velocidade máxima da esteira é de 3 km/h. (Foto: AFP)


A fabricante Details afirma vender de 30 a 40 unidades desse produto por semana, nos Estados Unidos, por cerca de US$ 4,5 mil cada – o preço não inclui o computador. "Já usei por 68 dias. Nesse período, caminhei 308 quilômetros, queimei 32 mil calorias e emagreci 5 quilos, sem ter mudado nada em meu estilo de vida", disse Bud Klipa, presidente da Details.

Equipamentos desse tipo podem ser cada vez mais comuns nos ambientes de trabalho, para evitar obesidade e reduzir gastos das empresas com a saúde dos funcionários.

 

Foto: AFP
Usuário pode controlar a altura da mesa onde fica o computador. (Foto: AFP)

A Walkstation foi desenvolvida com base em um estudo de James Levine, pesquisador da Mayo Clinic, segundo quem a boa forma de pessoas sedentárias pode ser melhorada com pequenos movimentos. Ele afirma que um usuário dessa esteira gasta 100 calorias por hora, a uma velocidade de 1,6 km/h, contribuindo para a redução de peso.

"O produto não visa oferecer exercícios como os da academia no ambiente de trabalho: não deve aumentar os batimentos cardíacos dos usuários ou fazê-los suar. O objetivo é aumentar os movimentos dos funcionários enquanto eles trabalham", disse Levine.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL645784-6174,00-COMPUTADOR+NA+ESTEIRA+PROMETE+FAZER+INTERNAUTA+SE+MEXER.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email