quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Maratona de Curitiba 2012 - Parte 3 - Minimalismo

Corri a Maratona de Curitiba 2012 usando sandálias huarache da Xero Shoes.

Quem não me conhece, pode perguntar: porque não usou um tênis convencional?

Quem me conhece perguntaria: porque não correu descalço?

A resposta à primeira pergunta é: desde novembro de 2011 venho experimentando com corrida descalça e calçados minimalistas. E estou muito satisfeito com estes "experimentos". É muito agradável correr descalço. E acredito que correr descalço previna lesões*. Não devemos usar em provas o que não testamos em treinos. Como normalmente treino descalço ou de huaraches, o mais prudente era fazer a maratona descalço ou de huaraches.

A resposta à segunda pergunta é: sou prudente. Achei que minha pele (das solas dos pés) não estava ainda pronta para enfrentar os 42K da Maratona descalço. Se eu fosse mais prudente ainda, eu deveria nem ter corrido (e só estrear em Maratona quando conseguisse fazê-la completamente descalço). Mas corri de huarache e, por sorte, nada de ruim aconteceu. Terminei bem, é verdade que com dores na panturrilha e nos músculos da perna, algo normal em maratonistas, mas sem nenhum machucado. Dois dias depois já estava correndo de novo (com algumas dores musculares). Sete dias depois já estava correndo sem nenhuma dor.

Adolfo Neto, Maratona de Curitiba 2012


Para mim, minimalismo é uma filosofia de vida. Não devemos desperdiçar recursos. Se é possível correr descalço ou com um calçado mínimo, porque usar um calçado "máximo" (os tênis de corrida convencionais)? Ainda mais quando existem fortes suspeitas de que muitas das lesões dos corredores ocorrem por conta do excesso de proteção dos tênis de corrida.

E você, por que não experimenta ao menos andar descalço?

PS: Este é mais um post sobre a Maratona de Curitiba 2012. Os outros foram:

- Entrevista com Renny Silva
- Maratona de Curitiba 2: Gallowalk
- Maratona de Curitiba 1

* Desde novembro tive apenas uma lesão, uma dor no topo do pé em junho de 2012, em virtude de ter corrido com um calçado minimalista (Vibram Five Fingers KSO) em duas corridas seguidas, uma no sábado (10K), outra no domingo (15K). Segundo pessoas mais experientes em corrida descalça, se eu tivesse corrido descalço nas duas corridas, não teria me machucado. É preciso ter muito cuidado com os calçados minimalistas, tem que ir bem aos poucos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email