quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Maratona de Curitiba 2012 - Parte 2 - Gallowalk

Vou continuar o relato que comecei no post anterior sobre minha participação na Maratona de Curitiba 2012.

Neste post quero destacar um dos itens que considerei importantes para conseguir completar bem (sem ter que parar nem um segundo sequer por estar cansado) e sem lesões a Maratona de Curitiba, uma das mais difíceis do Brasil: o método Gallowalk.

Em posts futuros, se houver interesse dos leitores, discutirei:
a) como treinei para a Maratona usando o método Maffetone,
b) como ter adotado uma dieta low-carb talvez tenha me ajudado a não encontrar o Muro das Maratonas e 
c) porque corri a Maratona com um calçado extremamente minimalista.

Sobre o método Gallowalk já escrevi um pouco neste post. Vamos ao porque de tê-lo usado. Uma Maratona é um desafio mental. Eu não queria em nenhum momento caminhar porque estava cansado. Sei que muitas pessoas fazem isso, mas não era o que eu queria fazer. Como sabia se o percurso era duro e não queria arriscar ter que andar, adotei o método Gallowalk.

Jeff Galloway, o treinador das corridas da Disney

Outra razão é que o criador do método diz que a recuperação é mais rápida quando se usa o Gallowalk. Não tenho como comparar pois foi minha primeira maratona, mas fiquei satisfeito.

Mais uma razão para usar o método é que, no nosso passado como caçadores de persistência, não corríamos 42Km sem parar. Corríamos um pouco, andávamos um pouco. Assistam este excelente vídeo para ter uma ideia:



Mas o método Gallowalk exige uma estimativa de tempo para completar a Maratona. Como fazer isso se eu nunca havia corrido uma? Usando a Calculadora McMillan vi que, com meu melhor tempo nos 10Km de 44:16, eu poderia fazer a Maratona em 3h27:41. Como este tempo foi conseguido com muito esforço, desconfortável mesmo, e como aprendi, neste livro grátis do Ryan Hall sobre como fazer a primeira maratona, que não devemos ter alvos de tempo na primeira maratona, resolvi colocar como alvo completar em aproximadamente 4 horas.
 
Então, usei 4h como base nesta calculadora e obtive que deveria correr 8 minutos e 11 segundos e caminhar 1 minuto. Segui esta proporção rigorosamente até o km 32. A razão de deixar o método no km 32 é que o próprio Jeff Galloway diz que você pode passar a somente correr a partir do km 29. Achei mais seguro correr a partir do km 32.

O método Gallowalk deu muito certo para mim. Talvez eu tenha acelerado um pouco demais no começo, nos trechos de corrida. Talvez eu tivesse terminado mais rápido sem ele, apenas correndo. Nunca irei saber. O que importa é que terminei em 4h02m59, tempo bem próximo do alvo e dentro das minhas expectativas (que iam de 3h30 a 5h). E ontem, dois dias depois, já fui capaz de correr 3Km. Hoje corri mais 5Km.

10 comentários:

  1. Meus Parabéns.
    Eu vou procurar saber mais a respeito desse assunto achei bem interessante sua colocação, cálculos e principalmente o resultado. Também estou querendo fazer a minha primeira no ano que vem e também tenho a mesma meta sua. não em tempo mas sim em terminar bem como voce!
    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Myla,

      Obrigado!

      Sim, terminar bem é fundamental na primeira maratona!

      Adolfo

      Excluir
  2. Foi nessa prova que já dura 8 anos que é o meu recorde em 2004 corri 3 maratonas a primeira foi em SP com 3h 4min a do Rio com 3min 10seg e em Curitiba com 2h 52min meu recorde em maratonas até hj, todas as pessoas dizem que o percurso de Curitiba é difícil mas eu não achei...Muito boa a sua iniciativa de postar aqui sobre o método Gallowalk que vc utilizou, pois desconhecia o mesmo...Parabéns por mais um desafio concluído...Agora é descansar e pensar no próximo objetivo.

    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jorge,

      Tempaço em Curitiba!

      Obrigado!

      Adolfo

      Excluir
  3. Boa partilha.
    Os meus parabéns por ter corrido bem.
    O que penso ser o mais importante.

    Continuação de boas passadas.
    Os meus cumprimentos para si.







    ResponderExcluir
  4. E aí Adolfo, parabéns pela conclusão da maratona ! esse método n conhecia, interessante, pois correr 42km sem parar deve ser agoniante !!! Corri 8 meias, mas n me vejo na maratona, mas respeito quem vai.

    Parabéns pela conclusão em bom tempo 4h02 !!!

    como vc disse, nossa equipe teve participante aí. legal !!!

    abraços

    Rodrigo Augusto
    corridaderuams.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Método interessante vou procurar saber um pouco mais. Essa foi a minha primeira maratona, espero melhorar nas demais. Fiz em 4h20min.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado e parabéns! 4h20 é um ótimo tempo para uma primeira maratona!

      Excluir

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email