sexta-feira, 27 de julho de 2007

Salário nas Estaduais do Paraná

Fonte: http://www.drh.uem.br/res/ - Link Tabela Salarial Docente Fazendo algumas contas a partir da tab ela do link acima, chegamos aos valores abaixo: Salário inicial para um Doutor com DE: R$ 4.763,29 Salário máximo: R$ 6.985,28

3 comentários:

  1. Imagino que esteja se referindo a tabela 'http://www.drh.uem.br/res/vencimento_docente_2007.htm'. No entanto, quais foram os cálculos obtidos para chegar aos montantes estipulados (salário inicial bruto para um Doutor com DE: R$ 5.985,73 e salário máximo: R$ 6.985,28)?

    Vale lembrar ainda que, apesar do governador ter concedido o aumento (o topo da página inclusive mostra que os valores foram obtidos de um decreto recente), ele não o está pagando porque feriria a lei de responsabilidade fiscal (ou algo assim). Não sei se a situação é essa ainda, mas, vindo do Requião, não duvido.

    Olhando o edital de contratação mais recente, os valores são modestos: 'http://www.drh.uem.br/res/Edital-04-2007-prh.pdf'.

    Também não sei qual o cargo que você considerou como inicial para um doutor. Espero que tenha sido Professor Adjunto A com TIDE, com vencimento mensal de 2.721,88. Na verdade, daqui surge o meu espanto com o valor por você calculado, de R$ 5.985,73 para salário inicial bruto.

    Acho que seria interessante colocar os valores brutos e líquidos. Facilitaria bastante a leitura (valores brutos dão a impressão de que professores ganham muito bem).

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Sim , baseie-me em http://www.drh.uem.br/res/vencimento_docente_2007.htm

    Realmente cometi um erro no valor do salário inicial bruto para um Doutor com DE. Já corrigi o post. Muito obrigado.

    Para obter os valores corretos, basta multiplicar por 1,75 (pois na tabela está escrito "Incentivo sobre o título de doutor: + 75% sobre o salário do Professor Adjunto ou Titular") os valores da coluna REGIME TIDE para as classes "PD1 PROF. ADJUNTO A" e "PT PROF. TITULAR".

    Valores líquidos variam de acordo com a forma de contratação (estatutário ou CLT), com o percentual descontado para a previdência, entre outras coisas. Como não tenho esses dados para todos os estados, deixei só o bruto. E, na verdade, quando se fala em salário normalmente as pessoas e empresas mencionam o bruto e não o líquido.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email