domingo, 22 de abril de 2012

Treino e Maratona de Londres 2012

Treino e Susto


Hoje fiz um treino de 9 milhas. Meu objetivo continua sendo a Meia-Maratona de Curitiba em 24 de junho. Se persistir no ritmo de treinos atual, acredito que irei conseguir.


O objetivo do treino de hoje era completar 21km. Para isso acordei cedo, achando que ia conseguir começar antes das 6h (precisava estar em casa às 8h). Mas estava escuro demais. Não quis arriscar. Saí de casa por volta das 6h30 e fiz apenas 14,5km.

Passei um susto com um carro. Acho que o carro fez um cavalo de pau a 100m de mim. Só ouvi o barulho pois o carro estava atrás de mim. Não tenho certeza do que aconteceu. É possível que o motorista tenha cochilado. Mas foi só um susto. Nada aconteceu com o motorista do carro. Mas é fato que domingo pela manhã sempre vejo restos de batidas (cacos de vidros, partes de carros) pelas ruas.

Atualização: fiz mais 5.73km. Combinando os dois treinos, tornou-se o dia em quem mais corri até hoje (o recorde anterior havia sido em 24 de março). Senti um pouco o joelho esquerdo no final. Talvez tenha abusado um pouco.

Maratona de Londres 2012


Hoje pela manhã aconteceu a Maratona de Londres 2012.  Wilson Kipsang, queniano, foi o vencedor entre os homens.

Foto de Wilson Kipsang feita por Fernanda Paradizo da Revista Contra-Relógio


Mary Keitany, queniana, foi a vencedora entre as mulheres.


Foto de Mary Keitany feita por Fernanda Paradizo da Revista Contra-Relógio



Marilson Gomes dos Santos (em outra competição)

Marilson Gomes dos Santos foi melhor não-africano. Um excelente resultado.

Os dois vencedores foram retratados no livro que terminei de ler domingo passado: Correndo com os Quenianos, de Adhanarand Finn.

Um outro maravilhoso resultado foi o de Jaouad Gharib. Ele é um corredor de 39 anos (e que vai fazer 40 anos mês que vem) e consegui o melhor tempo na história para corredores acima de 39 anos, ficando em quinto na Maratona.

Jaouad Gharib

Eu no Blog do Luizz


Saiu uma entrevista comigo no Blog do Luizz. Não vou comentar nada, por motivos óbvios.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email