sábado, 12 de maio de 2012

Correndo com os Quenianos

Para quem não sabe, os quenianos são atualmente os melhores corredores de longa distância (Maratonas e Meias-maratonas), seguidos de perto pelos etíopes.

A lista dos melhores tempos em Maratonas no ano passado (2011) está recheada  de quenianos. O melhor tempo não-queniano em 2011 foi do nosso Marilson Gomes dos Santos. A lista de 2012 está sendo dominada pelos Etíopes. Mas ainda é cedo. E, segundo o pessoal do podcast Contra-Relógio no Ar, Quênia x Etiópia na Maratona é como se fosse Brasil x Argentina no futebol.

O atual recordista mundial da Maratona (Patrick Makau) é queniano.

Aqui no Brasil conhecemos relativamente bem os quenianos. Eles geralmente participam muito bem da nossa principal corrida: a Corrida de São Silvestre, que acontece em 31 de dezembro. De 1992 até 2011 os quenianos venceram 12 São Silvestres masculinas. O grande Paul Tergat venceu três vezes seguidas!

Paul Tergat
Na São Silvestre feminina, as quenianas começaram a ganhar em 1993. Mas, de lá para cá, ganharam 9 vezes. E as três últimas vitórias foram de quenianas. Priscah Jeptoo ganhou a corrida de 2011:

Priscah Jeptoo
Desde que a São Silvestre passou a ser uma corrida internacional, o Quênia é o país com mais vencedores.

E não é só no Brasil. Corredores quenianos (e etíopes, marroquinos, eritreus) vencem corridas de 10K, 15K, Meias-maratonas e Maratonas em todo o mundo.

Por que estou escrevendo tudo iso? Porque num próximo post vou comentar o livro Correndo com os Quenianos, de Adharand Finn. Já escrevi um pouco sobre o livro em um post anterior. Infelizmente o livro por enquanto só está disponível em inglês. Na Amazon tem duas versões: uma em  inglês britânico (o autor é britânico) e outra em inglês americano, que será lançada em 15 de maio. O livro é excelente, e curto. Dá para ler num final de semana. E nos ajuda a entender porque os quenianos são tão bons em corrida. Segundo o autor, não é genética (como muitos pensam aqui no Brasil).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email