segunda-feira, 24 de junho de 2013

Treino Aeróbico ou Anaeróbico?

Muitas pessoas me perguntam sobre a questão de treinar de forma aeróbica ou anaeróbica. Em primeiro lugar, que fique claro: não sou especialista na área, apenas leio e comento o que leio.

Tem gente que acha que apenas correr já é um exercício aeróbico. Segundo os textos e podcasts abaixo, não é. Você pode treinar corrida de forma aeróbica ou de forma anaeróbica.

Eu treino 95% do tempo ou mais de forma aeróbica. Treinos anaeróbicos eu faço muito raramente, em pista ou mesmona rua. E, claro, quase todas as provas de corrida de que participo são em intensidade forte, portanto são estímulos anaeróbicos.

Entre os especialistas em low-carb e paleo (estilo de alimentação que sigo), e até mesmo entre alguns treinadores de corrida, observo um exagero prescrição de HIIT (Exercícios Intervalados de Alta Intensidade) é simplesmente moda. E acho que tem afirmações incorretas nos textos dos dois links acima (assunto para outro post)

Mas tanto HIIT quanto aeróbicos podem ser bem e mal usados. Aeróbico em quantidade excessiva pode fazer mal sim. HIIT é muito bom em alguns momentos, quando você já tem certo condicionamento físico. Eu particularmente acho que *eu* não devo fazer HIIT como único ou principal exercício.



Que corpo você prefere ter? O de um maratonista limpo (nunca pego em doping) e que até hoje corre por lazer: Vanderlei Cordeiro de Lima - Medalhista Olímpico

Ou de um velocista dopado? (Ben Johnson)

Sobre este tema, gosto muito dos podcasts do Trail Runner Nation com o Sock Doc e com o Maffetone.

Esclarecem mais do que muitos textos. E dá pra escutar várias vezes.

O melhor pra começar sobre o tema Aeróbico vs. Anaeróbico é este:
Aerobic vs Anaerobic Training
http://trailrunnernation.com/2012/04/aerobic-vs-anaerobic/

Tem também este:
Is running bad for your health?
http://trailrunnernation.com/2012/12/sock-doc-is-running-bad-for-your-health/

e este:
Strength Training, Rest and Recovery
http://trailrunnernation.com/2012/07/sock-doc-part-3-strength-training-rest-recovery/

E, claro, precisamos conhecer os princípios. Aqui tem uma fantástica série de textos do Sock Doc:

The Sock Doc Training Principles: Become a Strong, Fast, Efficient, Injury-Free Athletehttp://sock-doc.com/2012/01/sock-doc-training-principles/


Do Philip Maffetone recomendo:

Speed up by slowing down
http://trailrunnernation.com/2013/01/dr-phil-maffetone-speed-up-by-slowing-down/

Eat to Win with Dr. Phil Maffetone
http://trailrunnernation.com/2013/05/dr-phil-maffetone/

E este, entre inúmeros textos, comecepor este:
Think You Know What Being Aerobic Is?http://www.philmaffetone.com/aerobic.cfm





Maffetone escreveu vários livros sobre o tema. Recomendo esteeste.
O Sock Doc está escrevendo o dele. 

Sobre Overtraining (excesso de treino) leia:

AN OVERVIEW OF The Overtraining Syndromehttp://www.philmaffetone.com/theovertrainingsyndrome.cfm

e

Warning Signs & Symptoms of Overtraininghttp://sock-doc.com/2011/02/warning-signs-symptoms-of-overtraining/


Acho importante ler sobre estes temas porque acredito que todo atleta amador tem que saber personalizar seu treino. A menos que você tenha um treinador muito próximo, te vendo quase todos os dias, você tem que aprender a ouvir seu corpo para poder decidir se naquele dia fará um treino forte, fraco ou moderado. Os textos e podcasts acima ajudam a fazer isso.


E você, o que acha? Treina mais aeróbico ou anaeróbico? Comente abaixo.

9 comentários:

  1. Minha primeira meia eu fiz 80% dos treinos "aerobicos". Achei bom o resultado. Hoje a maioria dos meus treinos são desse modo, mas tenho um treino de velocidade por semana. Também estou gostando vendo muita evolução, mas eles machucam MUITO tem que tomar muito cuidado pra não exceder neles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu treino velocidade quando estou bem, com tempo e não faço prova.

      E faço menos voltas. Nos meus primeiros treinos de pista eu sofri muito depois. Abusei e fiquei mal. No meu último treino fiz 4x400m e 1x100m. E só.

      Excluir
  2. Isso é tudo tão relativo, professor.
    Acho que sofrer com um pouco de cada treino, sendo orientado por profissionais, claro, faz parte do método tentativa e erro para que definamos que tipo de corredor seremos. Hoje, só não experimentei ainda treinos com terrenos muito acidentados. Tenho pavor a areia da praia, faço treinos de velocidade e ritmo que chega tenho tonturas e os amo e odeio longos sozinho, apesar de amar as provas das mesmas distâncias deles. Creio que daí a causar malefícios ou benefícios magníficos, variam muito da orientação, da afinidade do cara com o tipo treino e, obviamente, o foco do indivíduo.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Professor Adolfo!
    Excelente post, e foi "feito pra mim"! Rsrsrsrs!!!
    Praticante da dieta low carb há três meses e meio apenas, mas já me adaptando, e muito satisfeita com os benefícios gerais, que vão "muito além do peso", deparo-me agora exatamente com essa questão, a conciliação da alimentação low carb e a prática da corrida, que pelo muito que se debate a respeito, acaba por se tornar um "dilema" para os iniciantes.
    E como não se trata apenas de "escolher entre um ou outro" (porque, para quem se considera "corredor", seja de longas ou pequenas distâncias, parar de correr simplesmente não é uma opção), há que se buscar informação abalizada que "jogue luz" nesse caminho tão novo para muitos de nós.
    Agradeço sua valiosa ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de quê!

      Corredores low carb existem aos montes. Não se preocupe com isso.

      Excluir
  4. Gostei do texto e achei muito interessante. Ainda mais p mim, que sou adepto do treino "boçal" (treino 5 km, depois faço uma prova de 21...).

    Já treinei com treinador uma vez, até então só corria na esteira.

    Treinei apenas 3 meses, mas foi o suficiente p minha performance melhorar tanto que conquistei 3 troféus por faixa etária em 2 meses. Depois me lesionei, parei de treinar. Fui p maratona, quase morri...

    Mas tenho convicção que os treinos dos quais fui submetido (que contava em sua maioria com exercícios aeróbicos) me trouxeram bons resultados.

    Qto a dieta low carb, vou passar a ler mais a respeito depois de agosto, quem sabe viro adepto.

    Ótima postagem! Não tenho conhecimento suficiente para fazer postagens do tipo.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Treino boçal pode ser perigoso :)

      3 troféus por faixa etária! Parabéns!

      Obrigado.

      Excluir

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email