domingo, 30 de junho de 2013

Corrida da SMELJ - Segunda Etapa 2013

A Prefeitura de Curitiba organiza o Campeonato SMELJ de Corridas de Rua. Este ano todas as provas serão gratuitas (no ano passado custavam R$10,00 que iriam para instituições de caridade).

A primeira prova foi em 19/05 mas não participei pois estava na Meia Maratona de Balneário Camboriú. Este ano a Segunda Etapa do Campeonato foi no mesmo percurso da Primeira Etapa de 2012, em que pela primeira vez fiz sub-50 nos 10K.

O percurso não é dos mais fáceis, mas também não é extremamente difícil (diferença entre o ponto mais baixo e o mais alto de 39m).

Altimetria fornecida pela SMELJ



Fiquei satisfeito com meu desempenho. Fiz os 10K em 45:20 (resultados aqui), acima do meu recorde pessoal (calçado e na faixa 40-45, que é 43:33), mas o percurso desta prova é mais difícil. A média de batimentos foi de 176 com pico de 189. Esforcei-me menos do que na prova do recorde pessoal (média de 182), pois correr em ritmo desagradável (necessário para recorde pessoal) não é agradável e não gosto de fazer sempre. Tentei controlar o desconforto para que não fosse muito grande e acho que deu certo.

Leia também:

Ano passado fiz a mesma prova em 48:40, mas foi descalço e na faixa 35-40. Melhorei meu tempo em 3 minutos e 20. Em parte por estar calçado (o asfalto desta prova é ruim) mas principalmente por estar melhor treinado. Fiz a prova usando o Newton MV2. Como não estou treinando descalço, não vou correr descalço. Não estou treinando descalço por conta de uma leve dor num dos dedos do pé esquerdo e também por estar muito frio. A dor está quase desaparecendo. Já o frio...

Agora o objetivo mais próximo é a Fila Night Race em 13/07, em que devo fazer os 5K. Depois, quem sabe em faça a Golden Four São Paulo em 28/07. E como objetivo de mais longo prazo, alguma maratona de 29/09: Florianópolis, Recife ou até mesmo Foz do Iguaçú.

Antes e depois da prova encontrei vários amigos: minha equipe Positivo Run, os Amigos da Corrida de Curitiba (do qual também faço parte). Passei na barraca da G5 e conversei com o Luiz Souza (do blog Corridas do Luizz). Depois conversei com o Daniel Júnior, aluno da UTFPR, na barraca da V8. Abaixo algumas fotos.


Fotos:

Entrada do Departamento de Informática da UFPR

Bolt, o cão corredor

Edson e Dayse, dos Amigos da Corrida de Curitiba

João de Paula, treinador do Positivo Run e do Grupo de Corrida do Clube Santa Mônica.

Amigos da Corrida de Curitiba e Positivo Run.

Amigos da Corrida de Curitiba e Positivo Run.





Camiseta do Positivo Run.

Camiseta e número de peito.

Número de peito (destaque para UTFPR e REHUNA).






Pista de Atletismo da UFPR

Pista de Atletismo da UFPR

Pista de Atletismo da UFPR


Juscelino Oliveira - Coxa Runner e Corredor Descalço











4 comentários:

  1. Parabéns pela Corrida Adolfo.
    Ainda bem que só choveu depois, nao é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Luiz!
      Pois é, nem lembrei da chuva.

      Abraços,
      Adolfo

      Excluir
  2. Baita tempo. Qualquer coisa abaixo de 46 eu já acho bom demais. Treinar em Curitiba deve quase como treinar no Quênia, se comparar com Floripa, né? Acho eu. Só tem morro aí. O dia que você correr uma prova só plano é sub 40 \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enio,

      Sim, pra mim quqlquer coisa abaixo de 50 para um amador de 40 anos está ótimo.

      Quanto a sub-40 no plano, não tenho certeza. Nossas provas tem subidas mas também tem descidas. E o clima aqui ajuda.

      Adolfo

      Excluir

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email