segunda-feira, 27 de abril de 2009

Fwd: Prof. Guilerme Bittencourt : nota de falecimento

---------- Forwarded message ----------
From: Augusto Loureiro da Costa
Date: 2009/4/27
Subject: [Sbc-l] Prof. Guilerme Bittencourt : nota de falecimento


Prezados,

É com profundo pesar que informo o falecimento do Prof. Guilherme Bittencourt,
ocorrido hoje, 27 de abril de 2009, as 5:30h em Florianópolis, Santa Catarina.
A cerimônia de cremação será amanhã as 15:00 no crematório de Balneário
Camburiú, Santa Catarina. Não haverá velório.

Prof. Guilherme Bittencourt , vinha lutando contra um cancer desde 2004. Foi
internado quarta-feira dia 22 de abril em estado grave  e faleceu hoje as
5:30h.

Prof. Guilherme Bittencourt foi agraciado com o Prêmio do Mérito Científico em
Inteligência Artifical durante SBIA/SBRN/JRI'2008.

O prof. Guilherme era um dos mais antigos pesquisadores em IA ainda em
atividade, apesar de ter sido compulsoriamente aposentado por motivo de saúde.
Detentor de uma formação vasta, tendo concluído dois cursos de graduação
(bacharelado em física e engenharia eletrônica), e  dois mestrados (Computação
Aplicada no INPE, São José dos Campos, SP e Diplome D'etudes Approfondies en
Informatique, Laboratoire d'Informatique Fondamentale et d'Intelligence
Artificielle no Institut National Polytechnique de Grenoble, França).

Sempre foi, ao longo de sua extensa e brilhante carreira, um cientista
prolífico em publicações; prova disto é que, até o ano de 2006, enquanto
estava ainda em plena atividade e com a saúde em boas condições, o prof.
Guilherme era Pesquisador Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq -
Nível 1D, tendo publicado em vários periódicos de circulação internacional  e
conferências de renome, além de, por duas vezes, ter publicado na trilha
principal do IJCAI, provavelmente um feito inédito entre pesquisadores
brasileiros.

Ensino e formação de estudantes e docentes:

- Além das publicações de artigos, duas de suas preocupações permanentes eram
o ensino e a formação de pesquisadores e estudantes no Brasil. Por isso, ainda
no começo de sua carreira, publicou artigos que propunham formas de melhor
ensinar algumas disciplinas, em especial teoria da computação e lógica.

- Mas, sua maior preocupação era o ensino da própria disciplina de
Inteligência Artificial no Brasil. Escreveu um dos primeiros livros sobre o
assunto no Brasil, "Inteligência Artificial - Ferramentas e Teorias", que foi
e é utilizado como livro-texto em várias universidades brasileiras, em
especial na parte de Representação de Conhecimento, onde inclusive fornece uma
base sólida aos leitores e estudantes. Este livro é bastante elogiado por
alunos em listas de discussões, e, não por acaso, o seu autor, graças a este
livro, foi, com justiça, agraciado com o Troféu "Boi de Mamão" em 1999, prêmio
oferecido pela Câmara Catarinense do Livro.

- Prof. Guilherme nunca foi egoísta com seus conhecimentos. Formou ao longo de
sua carreira como orientador 22 mestres e 9 doutores, além de ter contribuído
indiretamente na formação de muitos outros pesquisadores, julgou 49 bancas de
mestrado e 23 de doutorado. Muitos pesquisadores da área de Inteligência
Artificial, em especial os mais antigos, que passaram por seu crivo como
orientandos ou candidatos a mestres e doutores, hoje ocupam posições
destacadas em suas instituições e na pesquisa brasileira da área.
Organização e interação com a área de IA no Brasil:

- Prof. Guilherme participou da criação dos eventos de Inteligência Artificial
no Brasil, o SBIA e o ENIA. Em suas prateleiras encontram-se os anais de quase
todas, senão todas, as edições do SBIA, desde meados dos anos 80.
- Dirigiu inclusive o comitê de programa do SBIA em duas edições (1991 e
2002), o que denota o respeito da comunidade para com o seu nome, pesquisa e
publicações.

- Publicou em todas ou quase todas as edições do evento. Na edição de 2000, em
que o SBIA realizou-se em conjunto com o IBERAMIA, tornando-se, portanto, mais
competitivo, ganhou o prêmio de Melhor Artigo de todo o evento.
- É, portanto, um membro ativo e participante da comunidade de IA no Brasil,
comparecendo aos eventos em que se discutem pesquisas, políticas para a área,
ensino e formação de pesquisadores.
Pesquisa:

- Sua pesquisa na área de Inteligência Artificial é vasta e abrangente. Embora
sua área principal de concentração seja Representação de Conhecimento,
pouquíssimos pesquisadores brasileiros (talvez nenhum) podem reivindicar para
si a autoria de artigos relevantes em tantas áreas e tópicos tão diversos. O
prof. Guilherme publicou artigos em tópicos como lógica, lógica fuzzy, lógicas
possibilistas, lógicas multivaloradas, modelos de cognição, sistemas
especialistas, revisão de crenças, sistemas de regras de produção, agentes,
aprendizado de máquina, algoritmos genéticos, programação genética, redes de
Petri, tutores inteligentes, robótica, sistemas embarcados, controle,
comunicação e estratégias de cooperação em sistemas multiagentes, sistemas
híbridos de diversas formas, redes neurais.
- Muito contribuiu ainda na interação com centros de pesquisa qualificados,
tanto brasileiros quanto europeus. Coordenou ou coordena ainda 10 projetos de
pesquisa, dos quais dois com a França e um com a Alemanha. Estes projetos
internacionais propiciaram a estudantes seus e de seus parceiros a experiência
de intercâmbio com as excelentes universidades européias de Karlsruhe
(Alemanha) e Paul Sabatier (Toulouse, França), além do renomado INRIA
(Institut National de Recherche en Informatique et en Automatique), em
Grenoble, França. É, portanto, um pesquisador de reputação reconhecida
internacionalmente.

- Vários órgãos de fomento à pesquisa reconheceram seu mérito cientifico e
experiência como líder de projetos de pesquisa científica. Trabalhou como
Consultor "ad-hoc"para Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados do Espirito
Santo, São Paulo e Alagoas, além da Capes e do Cnpq.
As razões subjetivas são as seguintes:
- O prof. Guilherme era muito querido pela comunidade de IA. Seu espírito
tranqüilo e conciliador angariam-lhe esta simpatia, gozando de excelente
conceito entre seus pares. Nunca ouvimos falar de intrigas ou desentendimentos
que tenha tido ao longo de sua carreira como pesquisador; ao contrário, possui
amizades sólidas e duradouras com pesquisadores de IA das mais variadas
matizes e correntes científicas, algumas delas com décadas de duração e largo
histórico de cooperação.

- Não obstante ser visto como um pesquisador respeitado, sua humildade e
espírito fraterno chamam a atenção. Vestindo-se com uma simplicidade que, de
maneira alguma, coaduna com o alto nível de seus conhecimentos e ensinamentos,
recebe ele com a mesma boa vontade alunos iniciantes e pesquisadores calejados
ou renomados, dedicando igual atenção e tempo a uns e outros, e a todos
distribui um sorriso alegre de boas vindas, que já ajuda a tornar a palestra
mais agradável.

- Outras grandes qualidades suas são o altruísmo e generosidade. Apesar de ter
sido compulsoriamente aposentado por motivo de saúde, continua ministrando
cursos no DAS-UFSC e orientando alunos de pós-graduação sem receber um mísero
centavo por estas atividades.

- Suas palestras e aulas sempre causam excelente impressão e constituem
momentos de extremo deleite para seus ouvintes, sejam eles estudantes ou
pesquisadores. Isso se deve á sua extensa cultura e formação, além de uma
curiosidade incessante em adquirir conhecimentos novos com profundidade. Em
suas palestras, discorre com naturalidade sobre inteligência artificial e suas
complexas e enoveladas relações com várias outras ciências, tais como
filosofia, psicologia cognitiva, teorias de personalidade e cognição,
lingüística, física quântica, matemática, evolução e teorias evolutivas. A
tranqüila propriedade e desenvoltura com que aborda estes assuntos tão
variados é algo que encanta suas platéias. No Brasil, poucos pesquisadores de
IA (talvez nenhum) têm este perfil.


Augusto Loureiro da Costa - UFBA (Cooredenador da CEIA)
Ferderico Freitas - UFPE
Evandro de Barros Costa - UFAL
Jerusa Marchi - UFSC
Jaime Simão Sichman - USP



------------------------------------------------------------------
Prof. Augusto Loureiro da Costa
Coordenador da CEIA
Departamento de Engenharia Elétrica
Escola Politécnica
Universidade Federal da Bahia
tel (71) 3283 9771
------------------------------------------------------------------


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email