quinta-feira, 30 de abril de 2009

Homenagem do DAS-UFSC ao Prof. Guilherme Bittencourt

---------- Forwarded message ----------
From: Jean-Marie Farines
Date: 2009/4/28
Subject: [Sbc-l] Homenagem do DAS-UFSC ao Prof. Guilherme Bittencourt

_____________________________________________________________________
HOMENAGEM DOS PROFESSORES DO DAS - UFSC AO PROF. GUILHERME BITTENCOURT
______________________________________________________________________

Já faz mais de quinze anos de convivência contigo, Guilherme, nosso colega do Departamento de Automação e Sistemas da UFSC. Vindo do INPE onde eras pesquisador após teu doutorado em ciências da computação (ou como gostavas de dizer doutorado em filosofia e recursos naturais) em Karlsruhe, escolheste Florianópolis e confiaste totalmente no nosso pequeno laboratório da época, o LCMI, para fazer tua carreira curta mas brilhante de docente e pesquisador. Foste de todas as nossas lutas, de todas as nossas conquistas que levaram aquele pequeno laboratório a se tornar departamento e depois a ter sua pós-graduação própria. Tuas contribuições e ensinamentos foram científicos sem nenhuma dúvida, mas sobretudo humanos.

Destacam-se tua cordialidade e tua alegria (teus "bons mots" nas conversas ou no corredor, mesmo nos piores momentos de tua doença) dos quais daqui para frente sentiremos falta para iluminar nosso dia-a-dia; tua simplicidade e humildade frente a todos apesar ou por causa de teu grande conhecimento; tua disponibilidade e teu espírito cooperativo e solidário. Guilherme, não foste uma pessoa de grandes discursos, de discussões acaloradas e até as vezes agressivas como costuma-se ter nos grupos, departamentos e instituições desta nossa vida. Mas eras uma pessoa de convicções que gostava de contribuir para o coletivo, mas sempre construindo aquilo que te parecia ser a síntese do pensamento do grupo; muitas vezes trouxestes de forma singela, na manhã posterior a uma reunião, tua contribuição sempre pertinente para a construção deste coletivo, na forma concreta de um documento ou de uma sugestão que trazia a luz pela qual íamos nos guiar.

Guilherme - sei que a tua modéstia seria atingida por estas palavras convictas - eras uma mente brilhante, mas não apenas em Informática e em Inteligência Artificial mas num conjunto de outras áreas do conhecimento que iam da literatura francesa (grande leitor de Marcel Proust na língua original), até a filosofia e a psicologia, sem esquecer teu gosto pela poesia humanista de um Georges Brassens (compositor-poeta-cantor francês que faleceu em 1981). Este amplo conhecimento e tua sede por ele, era o caldo no qual se desenvolveram tuas maiores contribuições cientificas, mas também tuas contribuições no plano humano. Relembro a clareza e a profundidade de tuas apresentações que sempre misturavam com harmonia estes lados teus e da vida; tua última e longa (apesar da doença) palestra em março deste ano na aula inaugural da Pós-graduação de Engenharia de Automação e Sistemas da UFSC ficará, sem dúvida, na memória de todos os presentes, estudantes e professores.

Em nome de todos os nossos colegas do Departamento de Automação e Sistemas da UFSC, gostaria de te agradecer, GB (como nós, teus colegas e estudantes, passamos a te chamar), pela oportunidade que nos deste de conviver contigo, de aprender contigo essas lições que, com toda a tua naturalidade, nos ensinastes: discrição, eficácia e modéstia no trabalho; alegria e serenidade até nos piores momentos; solidariedade, altruismo e senso do coletivo. E novamente, como no dia de tua última palestra, gostaria te dizer o quanto te apreciamos, o quanto temos carinho por ti e hoje, infelizmente, o quanto lamentamos e choramos por tê-lo perdido.


Jean-Marie Farines (em nome dos professores do DAS da UFSC)
_______________________________________________________________________



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email