terça-feira, 19 de maio de 2009

"Cem Anos de Empreendedorismo - Reitor de Stanford como Primeiro Anjo Investidor", por Ruy de Queiroz

Saiu ontem (18/05) na Gazeta Mercantil e no Blog de Jamildo (JC Online): "Cem Anos de Empreendedorismo - Reitor de Stanford como Primeiro Anjo Investidor".

(Outros artigos em temas correlatos: no blog "Os Ventos da Liberdade".)

Ruy
----

ARTIGOS ESPECIAIS

18/05 - 23:30

Cem Anos de Empreendedorismo - Reitor de Stanford como Primeiro Anjo Investidor

São Paulo, 18 de maio de 2009 - Em 2009 comemoram-se os 100 anos de tradição de empreendedorismo e transformação de conhecimento em empreendimento da Stanford University, que deu origem a tantos ícones da tecnologia como Hewlett-Packard, Cisco e Google, e tem sido reconhecida como um catalisador no surgimento do proeminente eixo tecnológico mundial que é o Vale do Silício. Mesmo nesses tempos de recessão econômica, "A Fazenda" (como é conhecida Stanford, em tributo à sua verdadeira origem) continua produzindo idéias de negócios e talentos como nunca — em grande medida devido a seu forte programa de ensino do empreendedorismo em alta tecnologia. Conforme seu portal, o "Stanford Technology Ventures Program" (Programa de Empreendimentos em Tecnologia de Stanford, STVP), localizado no Vale do Silício, é o centro de empreendedorismo na Escola de Engenharia de Stanford. Hospedado pelo departamento de "Ciência e Engenharia da Administração", o STVP é dedicado a acelerar a educação de empreendedorismo em alta-tecnologia, e a criar pesquisa erudita em firmas de base tecnológica que, por sua vez, forneça novas percepções a estudantes, estudiosos, e líderes de negócios. O STVP fornece a estudantes de graduação e de pós-graduação de todos os cursos as competências empreendedoras necessárias para usar inovações na solução dos principais problemas mundiais, com uma ênfase em meio-ambiente, saúde humana, tecnologia da informação, e outras questões globais.

A grande maioria dos relatos históricos sobre o Vale do Silício e o papel da Stanford University começam em 1956 com William Shockley (co-inventor do transistor) e Sherman Fairchild (fundador da Fairchild Semiconductor, pioneira do circuito integrado e precursora da Intel). Vez por outra faz-se um retorno a um passado um pouco mais longínquo dando o devido crédito a William Hewlett e David Packard (fundadores da HP em 1939) pelo estabelecimento naquela região de uma cultura empreendedora em alta tecnologia. Pouca gente sabe, no entanto, da importante "pré-história" que abriu caminho e tornou possíveis todos esses desenvolvimentos, conforme alerta Thomas Lee, Professor de Engenharia Elétrica da Stanford University, em recente palestra à comunidade acadêmica. A primeira gigante da alta tecnologia na região hoje conhecida como Vale do Silício foi a "Federal Telegraph and Telephone" (FTT), fundada em 1909 pelo recém-graduado de Stanford, Cyril Elwell, como a "Poulsen Wireless Telephone & Telegraph Company". O nome tem sua razão de ser: o transmissor de arco, que, ao contrário de todos os tipos anteriores de transmissores de rádio, gerava ondas de rádio contínuas, foi inventado pelo engenheiro dinamarquês Valdemar Poulsen in 1902. Entretanto, a transferência bem sucedida da tecnologia do "arco de Poulsen" para os EUA somente foi ocorrer no verão de 1909 quando Cyril Elwell trouxe os direitos de patente americanos para a Califórnia. Por essa parte da sua história, essa região teria sido denominada a "ala do arco" ("arc alley") antes de se tornar o "vale do silício" ("silicon valley"). (...) (leia mais)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário! Não uso verificação de palavras.

Receba as postagens deste blog por email